Archive for julho, 2010

Parcerias Ahoy!

por Redação

Essa foi uma semana bem movimentada nos bastidores do WarpZona.

Além de um ogrinho uma surpresa para aparecer em breve, fechamos nada menos que três parcerias!

A primeira delas com o Planeta Gamer, da desenvolvedora formada em Games pela PUC-SP Sabrina Carmona, que praticamente sozinha consegue manter o blog recheado de novidades da indústria, e por vezes com exclusividade! Fiquem de olho que alguns de nossos reviews podem sair por lá!

A segunda, com o jogos96, um site recheado de jogos gratuitos pra vocês se divertirem quando a Sessão da Tarde estiver muito chata!

E por fim, a terceira, mas não menos importante, com o Double Jump, um blog com uma proposta diferenciada: apenas desenvolvedores escrevem, com o intuito de educar os brasileiros na arte de produzir e, principalmente, entender O QUE fazem os jogos bons SEREM bons (não, não são gráficos e nem história, ok, fanboy de God of War e Final Fantasy?). Ah, e algumas de nossas matérias ainda vão ser compartilhadas!

Aguardem mais novidades para breve!

julho 24, 2010 at 8:42 am Deixe um comentário

Especial: jogos não-licenciados – Parte 7

por maxi

Semana passada nós vimos os jogos não-licenciados de Master System. Hoje começamos a parte da matéria correspondente ao sucessor do mesmo, o Mega Drive, que inclusive já teve um lançamento desses noticiado aqui, que vocês conferem logo mais.

Diferente do Super Nintendo, o Mega Drive nunca teve nenhum tipo de proteção para impedir a publicação de jogos sem a licença da Sega. O motivo para tal ainda é incerto, poderia ser para baratear custos de produção ou mesmo uma demonstração de mais flexibilidade da empresa para com as demais, em um incentivo de verem no console uma melhor opção em relação aquela do lado da Nintendo, lembrando que quando o mega foi lançado o nes ainda estava firme no mercado, e ainda bem no início do snes as políticas impostas por ela para com as produtoras ainda estavam de pé. Mas o que nos interessa nisso tudo é que essa característica do mega propiciou (e ainda propicia) uma maior atuação da pirataria no console, além é claro de uma também grande presença de homebrews.

(mais…)

julho 23, 2010 at 5:00 pm 2 comentários

Uma boa notícia que na verdade é uma má notícia

por Barry Burton

Enaltecendo sua satisfação com o sucesso e agradecendo ao público, a From Software fez um anúncio aos jogadores de Demon’s Souls: ao invés de fechar os servidores em agosto agora, como previsto, eles irão funcionar até março de 2011.

Isso é uma boa notícia?

É…

Mas não é.

Enquanto poderíamos pensar que o jogo funciona perfeitamente sem suas modalidades online (e continua sendo um jogão mesmo assim), é estranho pensar que uma de suas principais características tenha prazo de validade.

Isso é um mal que, na verdade, assola a geração online. Muitos jogos irão se tornar “piores” com o tempo. Digamos, quem gosta de jogos antigos como Chrono Trigger ou Ninja Gaiden do NES, e guardou seus consoles, como eu, pode a qualquer momento religá-los na TV e ter exatamente a mesma experiência que teve há 15 ou 20 anos atrás. Quem quiser jogar Phantasy Star Online no Dreamcast já não pode mais contar com grande parte da diversão, que era a de jogar com amigos, a não ser que jogue em servidores piratas. E esse não parece que vai ser o caso do PS3 por um bom tempo.

E vocês, o que acham da geração online?

Notícia original no joystiq.

julho 23, 2010 at 9:36 am 5 comentários

Mini-Review: Final Fantasy XIII | PS3

por Barry Burton

Imaginem que alguém vai lhe dar um doce. Só que essa pessoa acha que esticar o doce em um fio do diâmetro de um fio de cabelo e obrigar você a sugá-lo lentamente é melhor pra você do que lhe deixar saborear o doce ao seu modo. E ele fez isso, claro, sem lhe perguntar.

Esse é o sentimento passado por Final Fantasy XIII, tendo você gostado dele ou não: algo esticado.

Durante pelo menos 40 horas de jogo (muitas no começo e algumas no final), a única coisa a se fazer é andar em linha reta e enfrentar monstros. Ocasionalmente, você aperta o botão de ação para ativar algo que, se não ativar, não pode continuar andando em linha reta. O caminho se divide algumas vezes, e então você encontra duas coisas: um beco sem saída ou um item em um beco sem saída.

Sim, o jogo é bonito desse tanto. Na maior parte do tempo...

Continue lendo após o pulo!

(mais…)

julho 22, 2010 at 11:28 am 7 comentários

Here comes new challengers 2

por maxi

Pois é, enquanto ficamos preocupados em descobrir quem mais vai aparecer em SF4 a Capcom divulgou mais 4 personagens de Marvel vs Capcom 3, todos constando naquela outra suposta lista que vazou do jogo (estamos com muitas delas ultimamente, não?) e foi apagada logo em seguida.

Da esquerda para a direita: Trish, Chun-Li, Dr. Destino e Super Skrull.

Bom, a Trish eu acho meio desnecessário já que já temos o Dante como representante de seu jogo. O mesmo para a Chun-Li, mas como ela está em todos esses crossovers da Capcom damos uma colher de chá. O Dr. Destino é o personagem mais foda da Marvel e um dos que eu mais gostava de jogar no MvsC2 então beleza. Já o Super Skrull foi uma idéia de gênio, temos o Quarteto Fantástico no jogo sem nenhum de seus integrantes, porém caso se confirme a presença do Sr. Fantástico como constava na lista o homem estica-estica que não é o Dhalsim vai ser mais um que poderia ser substituído por alguém mais interessante, sem falar que eu nunca vi alguém que gostasse dele. Mas vale lembrar que na mesma lista não constava Dormammu, que foi revelado no último trailer e pode ser o último chefe, o que justificaria não ser incluído no meio dos demais personagens.

A notícia original foi publicada no Kotaku.

Update: já tem dois vídeos circulando com esses personagens. Um é o trailer de divulgação e o outro uma gameplay gravada na Comic-Com, que vocês podem conferir após o pulo.

(mais…)

julho 21, 2010 at 1:02 pm Deixe um comentário

Here comes new challengers

por maxi

Sim, o boato que circulou a pouco tempo atrás parece que vai se tornar verdade. Acontece que divulgaram no mesmo lugar onde vazou a lista completa dos lutadores de Super Street Fighter 4 que mais personagens apareceriam eventualmente por download, detalhando que o primeiro deles seria Hugo. Logo após aparecer, o mesmo foi apagado como no caso da lista. Só que um recente pôster da versão arcade surgiu com a mesma frase do título deste post, o que reforça ainda mais a veracidade da informação, já que poderiam incluir novos lutadores nos fliperamas e depois vender eles por download. Ou isso ou então vão fazer um Super Street Fighter 4 Turbo com eles já disponíveis.

Tal notícia também nos faz pensar que a versão PC do jogo, também revelada junto da lista, ainda não foi apresentada justamente por esse motivo. O pôster foi disponibilizado originalmente no site EventHubs.

julho 21, 2010 at 10:02 am Deixe um comentário

Feliz dia do Amigo!

por Barry Burton

Aproveitando a piada pronta – e que recentemente o maxi e eu extrapolamos no Sonic and Sega All-Stars Racing, comprando de tudo e evitando ao máximo o Big -, desejamos a todos um Feliz Dia do Amigo!

Lembrem-se das máximas: “Samba de Janeiro!” “É sempre assim!” “Em cima, em cima, embaixo, embaixo é sempre assim!”

(malditas sejam as fases de Monkey Ball!)

julho 20, 2010 at 5:51 pm 1 comentário

WarpReview: Demon’s Souls | PS3

por Barry Burton

Se Zelda tivesse realmente se tornado um jogo “adulto”, no sentido de sua temática ter amadurecido, seu tom ficado mais sombrio, seus monstros mais assustadores e, principalmente, sua dificuldade elevada a níveis extremos, fatalmente haveria de se chamar Demon’s Souls.

Não que apenas a exploração de calabouços e um refinado sistema de combate estejam aí, mas é certo que sua estrutura básica foi pavimentada com base nos clássicos jogos de exploração/recompensa. A vontade de verificar a cada esquina se não há ao menos um item escondido ou uma passagem secreta que o leve a novos horizontes permeia toda a jornada por Boletaria e seus reinos vizinhos.

Boletaria é um reino amaldiçoado por conta de um rei ambicioso, e fadado a ser devorado por demônios de toda estirpe. Não há espaço para você bancar o herói: tudo que havia para acontecer de ruim já aconteceu. No máximo, você poderá impedir que o mal se alastre ainda mais.

Deixando o jogador sempre inseguro sobre se o que está fazendo é certo ou não, Demon’s Souls é corajoso ao ponto de possuir um auto-save indefectível, impossível de ser copiado. Gastou ou jogou fora um item importantíssimo? Problema seu. Sem querer feriu ou matou aquele padre que poderia te ajudar? Viva com isso até o final do jogo. Isso, claro, reflete-se em suas ações ao longo do mesmo, que progressivamente se revela mais acinzentado à medida em que você se aproxima do final. “Estou mesmo fazendo a coisa certa?” é a pergunta que você repetirá a si mesmo para qualquer iniciativa.

Continue lendo após o pulo!

(mais…)

julho 20, 2010 at 7:48 am 9 comentários

Nossa nova WarpBar©!

da Redação

Aproveitando o clima de mudanças pelo qual nosso blog vem passando, aproveitamos para anunciar nossa nova WarpBar©! Mais dinâmica e moderna, a nova WarpBar© nos permite muito mais flexibilidade, porque tínhamos preguiça de editar imagens no Photoshop agora irá se adaptar a qualquer mudança no código de nossa página, além de ser muito mais simples de entender e mais completa.

Diversas informações foram reunidas no mesmo tópico, e coisas desnecessárias foram descartadas. Continuamos com a filosofia de não dar notas para os jogos, porque nota é coisa de escola, e jogos não são alunos. Muito menos coisas mensuráveis por números.

Confiram abaixo como ler nossa nova WarpBar©!!

(mais…)

julho 20, 2010 at 7:46 am Deixe um comentário

Fangamer prepara apetrechos de Chrono Trigger

por Barry Burton

Lembram-se da fangamer? Aquela equipe dedicada de fãs que manufaturou o belíssimo guia de jogador de Mother 3?

Pois bem, eles estão preparando agora uma magnífica miniatura da Mammon Machine (chamada por eles de Avarus), um dos principais artefatos dos vilões de Chrono Trigger.

A estátua mede cerca de 12cm e foi feita pela artista Camille Young (a mesma das estatuetas presentes no guia de Mother), que levou cerca de um mês e meio para esculpir o molde original em Sculpey III. As cópias são feitas de resina pela equipe de escultores profissionais do Mana Studios, no entanto, todas são pintadas a mão pela própria Camille.

A edição é limitada, mas todos aqueles que fizerem a pré-compra até agosto serão atendidos. O preço é de U$ 66, o que não deixa de ser um pouco salgado. Porém, como podem ver na foto acima, o nível de detalhes é tão alto que até mesmo a Masamune foi replicada – e ela ainda é removível!

Adicionalmente, a fangamer está fazendo uma mega-promoção de vários de seus produtos relacionados a Chrono Trigger. O pacote inclui cinco broches, alguns até fosforecentes; uma réplica da Chave do Portal do Tempo; um pôster com o esquema da Epoch; e uma das belas camisas em dois temas: a novidade Torre dos Magi, em duas cores a escolher, e uma revisão da Cronômetro, em três. Isso tudo sai por $ 50, o que acho um bom preço, pois tudo é feito com extremo esmero. Caso queira uma camisa de cada tema, o valor sobe para U$ 67.

Confiram mais fotos em detalhes após o pulo.

(mais…)

julho 19, 2010 at 7:21 am 3 comentários

Posts mais antigos Posts mais recentes


warpfeed

WarpStats

  • 511,487 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.