O blog que a SEGA não queria que você visse.

janeiro 7, 2009 at 7:19 pm 12 comentários

Por Barry Burton

O blog tssznews trouxe um artigo bem interessante essa semana. Uma daquelas notícias que você fica se perguntando “mas como alguém foi tão inútil pra…?”

Pois bem, aparentemente, em 2006, um blogueiro apelidado “jpeg” apareceu dizendo ser alguém da indústria de games, falando sobre vários aspectos do ramo. Nada muito interessante, e ninguém dava a mínima. Até o início de 2007, quando ele fez um post sobre NiGHTS: Journey of Dreams (de Wii). Dentre outras coisas, falou sobre como o desenvolvimento estava conturbado na SEGA (pra variar), como Iizuka, o criador, não estava satisfeito com o projeto e lamentava o estado do atual Sonic Team, dizendo estar bem descrente quanto à versão final do jogo.

Um mês após este post, “jpeg” deletou todos os seus posts e deu um adeus a seus leitores. Todavia, graças à maravilhosa invenção dos hackers desocupados, alguém conseguiu recuperar seus posts. O que tem isso? Leia o trecho abaixo, extraído do final do post sobre NiGHTS:

“O Sonic Team é uma relíquia do passado que abusou da hospitalidade. Pelas mesmas razões de marketing pelas quais seu nome foi mantido inicialmente (e desde então saiu pela culatra) eles deveriam ser dissolvidos – já pode ser tarde demais para NiGHTS (eu realmente espero que não seja e que eles consigam uma reviravolta, a qual, com a paixão de Iizuka-san, pode ser possível), mas para o bem da imagem da compania, para o futuro das outras IPs (n.t.: “Propriedade Intelectual”) de prestígio da SEGA e por fim para o seu icônico mascote, isso precisa ser feito… antes que eles lancem um outro jogo do Sonic com um Sonic “da noite” Maligno transmutável que se parece com um lobisomem e pode esticar seus braços no estilo Dhalsim. Isso irá acontecer, anotem minhas palavras.”

Isso foi um ano antes do Sonic Unleashed ser anunciado, e motivo (legal) mais que suficiente para remover os posts do blog. Descobriu-se depois que o blogueiro era Ben Andac, que trabalhava na SEGA Europe e na Sony CE Europe, na área de RH.

O artigo ainda continua dizendo que, inicialmente, NiGHTS: JoD seria desenvolvido para PS3 e XBox360, mas que, por causa do sucesso “inesperado” do Wii, a SEGA resolveu redirecionar a produção… mesmo depois de já haver um demo rodando no X e de faltar apenas um ano para a data de lançamento. Tempo escasso, contando que jogos demoram em média dois anos para serem feitos.

Concluindo com mais algumas palavras de Ben, um pensamento que com certeza permeia a mente de muitos que, como eu, têm a SEGA das gerações 8~16 bits guardada com carinho no coração:

“Não há dúvida que o Sonic Team perdeu seu toque de qualidade. Eles são piores do que gente sem talento: eles não têm paixão. Tediosos, desleixados, mentes-fechadas e sem um pingo de sensatez com relação a o que faz os jogos serem bons.”

Para ler a matéria completa, acessem por aqui.

Agradeço ao leitor Bruno “Phoenix” Ribeiro por me mostrar essa matéria!

Entry filed under: Matéria, Mercado e Indústria. Tags: , , , .

Especial: as melhores romhacks – Parte 1 GTA ensina um menino de 6 anos a ir para a escola… dirigindo.

12 Comentários Add your own

  • 1. maxi2099  |  janeiro 7, 2009 às 11:20 pm

    Eu havia visto apenas um resquício dessa matéria em outro site, falando do Nights estar originalmente previsto para o 360. Por isso não tinha dado importância.

    Responder
  • 2. Bruno Silva  |  janeiro 8, 2009 às 2:06 am

    Carai, mto tenso! Isso deve ser só a ponta do iceberg, imagina só a pressão que deve ser lá na SEGA, com uma cobrança violenta pra entregarem títulos novos do Sonic.

    Responder
  • 3. Luna Ishtar  |  janeiro 8, 2009 às 2:12 pm

    Pois é tenso, e isso só confirma o que todo mundo já achava da decadência do Sonic Team.

    Responder
  • 4. Phoenix  |  janeiro 8, 2009 às 3:34 pm

    “Pois é tenso, e isso só confirma o que todo mundo já achava da decadência do Sonic Team.” (2)

    Sonic Team nunca mais será a mesma…
    Bons tempos

    Responder
  • 5. maxi2099  |  janeiro 8, 2009 às 7:02 pm

    Descobri aqui que o Iisuka fazia parte do Sonic Team americano, que foi realmente dissolvido em 2008, e foi para o Sonic Team japonês, que foi o time responsável por Sonic Unleashed.

    Responder
  • 6. Rafael "Barry" Ventura  |  janeiro 8, 2009 às 7:57 pm

    Pois é, na reportagem dizem também que o Yuji Naka saiu nessa época (2006). E olha que a parada tá tensa desde SonicXtreme.

    Responder
  • 7. Kaka  |  janeiro 9, 2009 às 5:40 am

    Só porque é SEGA, acha que os outros são cegos. Tsk tsk. Julgar os outros por si mesmo, ouvir falar.

    Responder
  • 8. Rael  |  janeiro 13, 2009 às 10:41 am

    Puxa, Sonic Xtreme… o jogo de Saturn que eu sempre quis, esperei por anos, e nunca saiu. Depois disso, nunca mais tive console da Sega… já pensaram num console da Nintendo sem Mario? Pois é, a Sega fez isso com o Saturn!

    Responder
  • 9. Robson França  |  janeiro 13, 2009 às 11:29 am

    @Rael: pior que é. E se vcs. procurarem a história do Sonic Xtreme vão ver que confusão que deu. A SEGA estava (está?) muito dividida entre a Sega of Japan e a Sega of America. O Sonic Team japonês (liderado pelo Yuji Naka) estava trabalhando em um jogo para o Saturn que não teria o Sonic. Enquanto isso, nos EUA, o Sonic Team estava trabalhando no Sonic Xtreme.

    Alguns vídeos mostram um Sonic bem basicão, em 3D, correndo em um cenário também bem basicão (será que era um Sonic para o 32X?). Os estágios de bônus estavam bem melhores, com a câmera imitando o efeito fisheye. No meio do desenvolvimento o pessoal da SoA descobriu que o Sonic Team japonês tinha desenvolvido um engine gráfico para o jogo que eles estavam desenvolvendo (Nights), e ficaram interessados em usar tal engine no jogo do Sonic. Parece que Naka não gostou nada disso, rodou a baiana e cabeças na SoA começaram a rolar. Muita gente foi para a Sony, por isso temos bons jogos de plataforma no PS1, 2 e 3. Restou só um desenvolvedor no Sonic Team Americano, o mesmo dos estágios de bônus, que tentou fazer tudo sozinho e quase morreu de exaustão e de pneumonia. O jogo foi cancelado, e só veríamos um Sonic “autêntico” no Dreamcast.

    Responder
  • 10. Robson França  |  janeiro 13, 2009 às 11:32 am

    Desculpem pelo flood e pelo post longo, mas esqueci de lançar uma pergunta no ar: por que será que os jogos que Yuji Naka trabalhou na Sega depois de Sonic 3 / Knuckles não tem nada a ver com o Sonic? (Nights, Phantasy Star Online, etc..)

    Abraços

    Responder
  • […] faz muito tempo que Ben Andac, o blogueiro que falou a dois anos atrás do estado do Sonic Team, postou aquilo. Muita coisa mudou na política da empresa de lá para cá, sem falar que ele não […]

    Responder
  • 12. DoubleJump » Blog Archive » Fãs podem ter razão  |  outubro 19, 2010 às 11:37 am

    […] foi um testamento de que a Sega não respeita mais seus fãs. Não vou nem perder tempo falando do Lobisonic of War ou do Knights of the Round with […]

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


warpfeed

WarpStats

  • 552,055 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: