Archive for novembro, 2009

Meu primeiro presente Steam!

por Ryunoken!

Obrigado, Cindy!

novembro 30, 2009 at 10:58 pm Deixe um comentário

Level Up! Activision? Bleh!

Level Up! é a seção do WarpZona onde temos a colaboração de nossos leitores, que passam a redatores. Hoje, é a vez de Wagner Eamnuel ficar indignado com a Activision e seu  Modern Warfare 2. Leia, e veja que você também ficaria. Lembrando que qualquer leitor pode participar dessa seção: basta enviar um texto através dos comentários ou diretamente para warpzona@gmail.com

por Wagner Emanuel

Que Modern Warfare 2 é um jogão, todo mundo sabe. Que todos os reviews estão dando ótimas notas, não é mais novidade pra ninguém. Que as vendas estão quebrando recordes e enchendo os cofres da Activision e Infinity ward, todos os sites já falaram. Que apesar disso elas sacanearam os jogadores de PC com o aumento do preço da versão normal, por não ter versões de colecionador iguais as do console, limitar o multiplayer e retirar os servidores dedicados, também é notícia velha. Mas apesar de ficar chateado por conta dos meus amigos que utilizam PC, não tinha me sentido lesado/sacaneado pela empresa e mantive meu hype e respeito inabalados, enquanto esperava chegar a cópia do blockbuster para Xbox 360. Mas aí ela resolveu sacanear com todo mundo, e isso eu não li em lugar nenhum.

E eis que finalmente chega o tão esperado pacote. Junto com Modern Warfare 2 e Borderlands. Vou abrindo as caixinhas, começando pelo menos esperado, Borderlands:

 

Linda. Colorida. Completa. 20 páginas. E ainda tem a arte do jogo na parte de dentro da caixa. Perfeito.

Por último o mais esperado. Modern Warfare 2. E a decepção.

 

É isso mesmo que você está vendo. O manual está em preto e branco, e tem míseras 6 páginas. 6 PÁGINAS. Fiquei tão decepcionado que ainda não tive coragem de rodar o jogo. Ta encostado há mais de uma semana. Um crime, eu sei. Uma heresia, diriam alguns.

Agora eu me pergunto: o que faz uma empresa do porte da Activision sair com um material vagabundo desses? Medo de prejuízo não foi, já que as pré-vendas deixaram bem claro que o jogo seria um sucesso. Eu, definitamente, não entendo.

Mas, e vocês? Observam e analisam a qualidade do material completo ou apenas a qualidade do jogo?

Enquanto vocês discutem, vou tentar fazer alguns gols no Fifa 10, que acabou de chegar, para ver se a raiva passa…

novembro 30, 2009 at 12:20 am 9 comentários

Level Up! O macaco caiu do galho

Level Up! é a seção do WarpZona onde temos a colaboração de nossos leitores, que passam a redatores. Dessa vez, o amigo João Carioca (não sei se é primo do Zé…), do Baú do Videogame relembra da história de sucesso do gorilão da Nintendo, ao mesmo tempo que pergunta o que a empresa reserva para o personagem. Lembrando que qualquer leitor pode participar dessa seção: basta enviar um texto através dos comentários ou diretamente para warpzona@gmail.com

O macaco caiu do galho

por João Carioca

Embora tenha estreado no mesmo jogo que Mario, Donkey Kong é mais velho que o encanador. O título no qual apareceu pela primeira vez leva o seu nome e o heróis que tentava resgatar Pauline nem mesmo tinha o nome do principal mascote da Nintendo. Mesmo em segundo plano, o macacão chegou aos consoles, mesmo que só na geração 16 bits, mas começou fazendo barulho. Donkey Kong Country é considerado um dos melhores e mais bonitos jogos de plataforma do Super NES e abriu as portas para a carreira bem sucedida do gorila – só até o Gamecube.

Apesar de as continuações do título do Super NES – Donkey Kong Country 2 e Donkey Kong Country 3 – não terem DK como um personagem jogável, estão entre os melhores da bibilioteca do macacão. O melhor deles, entretanto, viria na passagem para as três dimensões. Donkey Kong 64 era tão bem feito, completo e divertido que gerou especulações sobre tomar o posto de The Legend of Zelda: Ocarina of Time como o melhor título para o console. Se não o fez, ficou muito próximo disso e marcou com louvor a entrada do gorila na nova geração. Mas DK64 também ficou marcado como o fim da participação da excelente Rare – produtora de Conker’s Bad Fur Day, Perfect Dark e Banjo Kazooie/Banjo Tooie – no desenvolvimento de seus jogos. (mais…)

novembro 28, 2009 at 11:36 am 1 comentário

Guy, Cody e Adon confirmados em Super Street Fighter IV!

por Ryunoken

Não era quem eu estava esperando, mas já vale pelo Guy! O ninja, seu amigo do Village People presidiário e o campeão chato de Muay Tay estão de volta as batalhas de Street Fighter (aliás, que nome simples é Street Fighter não?). Eu esperava que Dudley fosse anunciado, e eles chegam com três personagens de uma vez. Mas ainda faltam umas gostosas lutadoras aí. Cabe mais, Capcom, bem mais. Já que vamos ter que pagar, faça bem feito!

novembro 24, 2009 at 8:04 pm 4 comentários

Saporracast 2!

por Ryunoken

Segue o link da minha participação no Saporracast 2, o podcast dos nossos amigos do LevelGamer, sendo que eu participei nessa edição. Notícias fresquinhas, Street Fighter, fuleiragens e muito bom humor com Moska, Judas, Bruno Cilada e eu.  Quem quiser baixar pra ouvir no caminho do trampo, tem 60 minutos. Ouva-o:

Link para ouvir online.

Link para download

novembro 22, 2009 at 4:51 pm 1 comentário

É amanhã! Saiba mais sobre Video Games Metal, o evento gamer mais tr00 do Brasil!

por Kaka

O Ryunoken já deu a notícia. Agora é minha vez de falar sobre o evento mais tr00 da video game music – e deixar vocês com mais vontade de ir, eu espero!

Primeiro, vamos recapitular pra quem não está sabendo ainda: sábado agora, dia 21 de novembro, a partir das 17h, no Centro Comunitário da Universidade de Brasília, vai acontecer a primeira edição do Video Games Metal, show musical criado de gamers para gamers, onde as trilhas sonoras dos jogos mais famosos e queridos de todos os tempos serão interpretadas no ritmo do heavy metal.

Quando fiquei sabendo desse evento, há alguns meses, na hora pensei: “Hell, it’s about time!” O Brasil tem excelentes bandas de video game music. E show de video game music faz sucesso por aqui – o VGL, mesmo com a queda de qualidade nos últimos anos, que o diga. Somando dois + dois, o resultado que temos é que demorou pra alguém ter essa ideia de pegar as bandas de video game music brasileiras e fazer um show.

Tiago Battousai, criador, produtor executivo e condutor do Video Games Metal, sonhava em por essa ideia em prática há algum tempo: “A idéia surgiu em 2006. Antes mesmo de eu saber que existia o Video Games Live. Tive essa idéia quando comecei a colecionar músicas de bandas de game metal como MegaDriver, NESkimos, Minibosses, Powerglove e muitas outras. Por que não fazer um show com bandas de Game Metal? Farei! Criei coragem quando meus amigos fundaram a Rockband Game Music – tendo uma banda em Brasília facilitaria bastante.”

Ele poderia ter produzido um show apenas com a Rockband GM. Mas shows de uma banda só de video game music já aconteceram antes. O que ele queria mesmo era fazer algo maior, inédito – um grande evento, com estandes, campeonatos e, é claro, várias bandas de video game music tocando.

Encontrar gente pra tocar no evento foi fácil: “As bandas se empolgaram muito [com a ideia]! Todas elas!”, nos conta Tiago Battousai.  “Eu já tinha contato com as bandas fazia tempo. O Nino MegaDriver, eu o contactei pela primeira vez na época em que ele era o único da banda. Conseguir gente pra tocar foi fácil. A ForceField foi uma banda que nasceu somente para tocar no VGM”, completa.

Porém, nem tudo são flores. “A maior dificuldade é a financeira. Está tudo certo, pronto e planejado. Pagar as contas que é o difícil. Depender de venda de convites antecipados sendo que a maioria compra na véspera é complicado”, afirma Tiago.

E como nós, gamers, devemos entender isso?  Como diriam nossos parceiros do LevelGamer, “vamos lotar Saporra!” Tiago Battousai conta com a gente: “A expectativa é boa! A meta é lotar! A divulgação nas ruas começaram semana passada. Somente com divulgação da internet já foram vendidos mais de 200 ingressos. Agora que começa a vender em grande escala. Lembrando que os convites são limitados.” Não vamos decepcioná-lo, né?

Após o pulo: um pouco mais sobre as bandas que vão tocar, programação completa, locais de venda dos ingressos etc!

(mais…)

novembro 20, 2009 at 7:11 pm 1 comentário

Nerdssário – 30 UP’S

por Ryunoken

Sábado passado, dia 14, aconteceu aqui em casa minha festa de aniverssário de 30 anos, o Nerdssário como eu batizei. Como boa festa nerd, os videogames tiveram forte presença na comemoração. Segue um vídeo-resumo de como foi a festa, e o link pra quem quiser ver um pouco mais. Pra mim, foi épico.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Veja mais aqui.

Photobucket

 

 

novembro 19, 2009 at 8:29 pm 2 comentários

Posts antigos


warpfeed

WarpStats

  • 559,753 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.