Como foi 2009 pra você? – parte 3

janeiro 25, 2010 at 4:31 am 1 comentário

Por Barry Burton

Então, após as duas últimas baterias de opiniões de nossos redatores Ryunoken e Maxi, e também de Barry e Kaká, finalmente encerramos nossa pequena conversa aberta sobre como foi 2009 para cada um de nós. Hoje, após o pulo, vocês conferem os textos de Luna Ishtar e Toejam.

E lembrem-se: vocês também estão convidados a participar contando-nos o que achou do ano passado!

LUNA ISHTAR

Balanço geral: Esse foi um ano bem atípico. Distanciei-me bastante do mainstream e fiquei sabendo de eventuais lançamentos através de terceiros. Por isso, tive uma certa dificuldade na hora de escrever este “Review” do ano. Em compensação, tirei o atraso com relação a vários jogos que estava me devendo jogar,  como os dois últimos da série MGS, Super Metroid, Zelda de GB e finalmente terminar o Mother 3 que havia começado há mais tempo. Pelo pouco que vi, percebi que esse ano foi bem produtivo e frutífero pros gamers tradicionais. Tivemos o lançamento de vários bons jogos que agradam esse público, como o Batman, Demon’s Souls, Street Fighter IV e recentemente o novo Zelda que ainda devo jogar. Eu diria que esse ano teve um saldo positivo e aguardo boas coisas em 2010.

Melhor jogo lançado em 2009:
Demon’s Souls
foi de longe o jogo que mais me surpreendeu dos lançamentos de 2009. Inicialmente não dei muita bola pro e jogo e até achei que ele fosse ser bem genérico, mas felizmente ao começar percebi que ele é mais. Um adventure muito bem bolado, com um nível de dificuldade altíssimo e com uma jogabilidade excelente, Demon’s Souls oferece ao jogador várias possibilidades de exploração do mundo deixando-o o literalmente livre para ir onde quiser, oferecendo muitas recompensas apesar das inúmeras mortes, aliado à um feeling que só sentimos ao jogar alguns jogos antigos.

Melhor jogo jogado em 2009: Meu 2009 foi repleto de várias experiências boas referentes à games mas vou destacar duas delas. Uma foi o fato de ter completado os dois últimos jogos da série Metal Gear Solid, ambos muito bem executados aliando uma excelente jogabilidade com uma história que me fez chorar várias vezes. A outra surpresa boa que tive em 2009 foi com Odin Sphere. Além de toda sua beleza, seus personagens são carismáticos, e a história, semelhante à um conto de fadas, é muito bem contada sob vários pontos de vista. Acredito que ambos me marcaram nesse ano de 2009 de uma forma muito positiva.

Maior decepção lançada em 2009:
Como fã, não muito antiga, da série Resident Evil, senti -me bem decepcionada com o Resident Evil 5. Após a reinvenção, que na minha opinião foi genial, da série em Resident Evil 4, com todo aquele clima canastrão e com o humor escrachado para poder amenizar um pouco o pânico das batalhas, esperava algo do gênero com o cinco. Não tenho problemas com o jogo se passar na África e nem com os remendos malucos pra poder justificar a história, mas querer tornar o clima do jogo sério da forma que foi retratado me soou bem estranho. Alguns pequenos detalhes também me deixaram com uma pulga atrás da orelha, mas o que mais me incomodou profundamente foi o que fizeram com a Jill, pô ela é simplesmente a melhor personagem da série e avacalharam com ela T_T

Maior decepção jogada em 2009: Apesar de não conseguir dormir à noite depois que jogo algum jogo da série Silent Hill, não esperava que Silent Hill 3 fosse me deixar tão triste. Normalmente os jogos são bem profundos com uma história  densa e elaborada, e muito do clima reside nas misteriosas histórias dos personagens que acabam nessa cidade do capeta. Já SH3 me pareceu só um bando de bichos feios aparecendo em todos os lugares sem nenhuma explicação, joguei quase 4 horas de jogo e até aquele instante não aconteceu nada em termos de história, além de que depois de um tempo ficar andando em um local que você não tem um mapa deixa de ser amedrontador e passa a ser uma dor de cabeça.

O que espera de 2010: Espero poder ver mais jogos bons como Bayonetta, que promete muito. Tenho esperanças de a Nintendo olhar para o seu público gamer e dar uma atenção, nós andamos meio largados para ela, principalmente no Wii, porque no DS me sinto muito bem servida. Estou ansiosa para ver o novo Zelda pro Wii e espero do fundo do meu coração que não tentem fazer um Ocarina of Time 2.0, mas sim um bom Zelda, e que tenha um nível de dificuldade bom.

TOEJAM

Balanço geral: Este foi um ano de pouca jogatina por conta dos compromissos profissionais, mas a qualidade foi alta. Joguei bastante Megaman 9, estou ainda terminando New Super Mario Bros. Wii, com doses esporádicas de The Beatles: Rock Band. No quesito multiplayer, o campeão foi Pokemon Rumble, do WiiWare. Tem muita coisa boa lançada neste ano de 2009 que ainda quero terminar e/ou conhecer. A medida que a gente envelhece e as responsabilidades aumentam, a tendência é ficar defasado em relação aos lançamentos (ainda tenho muita coisa de 2008 a jogar), mas a diversão é atemporal: jogo bom é bom em qualquer época.

Melhor jogo lançado em 2009: Esta é uma decisão difícil, dado o número de bons jogos lançados em 2009. New Super Mario Bros. Wii me fez sentir novamente um jogador da era 16-bits, assim como Megaman 9 havia feito, numa escala menor: jogabilidade, segredos, dificuldade, simplicidade. Por outro lado, The Beatles: Rock Band foi uma justíssima homenagem à lendária banda, além de um bom jogo. Pelo conjunto da obra, escolho Mario como melhor jogo de 2009, com The Beatles num segundo lugar próximo.

Melhor jogo jogado em 2009: Como joguei o melhor jogo lançado na minha opinião, fico com ele: New Super Mario Bros. Wii.

Maior decepção lançada/jogada em 2009: A maior decepção que tive em 2009 foi jogar a demo de Little Big Planet para PSP. Depois de ler e ver tanto hype para a versão PS3, quis testar a franquia na demo e, mesmo com ótimas expectativas, o jogo não me agradou em nada. Sei que é apenas uma demonstração, mas os dois níveis jogáveis são, ao meu gosto, totalmente sem graça e charme, e a arte me agradou menos ainda. Como não tenho interesse em perder tempo criando níveis em editores, vou deixar esta versão de lado e, de tabela, também a de PS3. Esperava algo próximo ao Mario pelo que li, mas notei algo bem distante pelo que joguei. Já para decepção lançada, sem dúvida o PSP Go: sem UMD, alto preço, jogos só por download.

O que espera para 2010: espero poder voltar a postar com regularidade no WarpZona; terminar uma boa parte dos clássicos que estão na minha fila de jogos pendentes há anos (Ocarine of Time, Metroid Trilogy, Paper Mario e Tales of Symphonia); saúde, trabalho, alegria e paz para minha família, para os amigos do WarpZona e para todos os nossos leitores.

Balanço geral: Esse foi um ano bem atípico. Distanciei-me bastante do mainstream e fiquei sabendo de eventuais lançamentos através de terceiros. Por isso, tive uma certa dificuldade na hora de escrever este “Review” do ano. Em compensação, tirei o atraso com relação a vários jogos que estava me devendo jogar,  como os dois últimos da série MGS, Super Metroid, Zelda de GB e finalmente terminar o Mother 3 que havia começado há mais tempo. Pelo pouco que vi, percebi que esse ano foi bem produtivo e frutífero pros gamers tradicionais. Tivemos o lançamento de vários bons jogos que agradam esse público, como o Batman, Demon’s Souls, Street Fighter IV e recentemente o novo Zelda que ainda devo jogar. Eu diria que esse ano teve um saldo positivo e aguardo boas coisas em 2010. 

Melhor jogo lançado em 2009: Demon’s Souls foi de longe o jogo que mais me surpreendeu dos lançamentos de 2009. Inicialmente não dei muita bola pro e jogo e até achei que ele fosse ser bem genérico, mas felizmente ao começar percebi que ele é mais. Um adventure muito bem bolado, com um nível de dificuldade altíssimo e com uma jogabilidade excelente, Demon’s Souls oferece ao jogador várias possibilidades de exploração do mundo deixando-o o literalmente livre para ir onde quiser, oferecendo muitas recompensas apesar das inúmeras mortes, aliado à um feeling que só sentimos ao jogar alguns jogos antigos.

Entry filed under: Matéria, Random. Tags: , , .

Webcore em parceria conosco! Taito Type-X2 hackeada

1 Comentário Add your own

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


warpfeed

WarpStats

  • 552,096 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: