Oniken, jogo nacional e… bom!

setembro 2, 2010 at 3:20 pm 7 comentários

por Barry Burton

Novamente fazendo coro ao que eu chamo de “entendimento das raízes”, repito que os game designer brasileiros ainda têm muito chão pela frente antes de quererem fazer algo próximo ao que sai no mercado atual de jogos, ou mesmo da geração passada.

Complementando a jogabilidade simples e focada de Tensão Abaixo de Zero, Oniken, feito pelos dois excelentes pixel artists Danilo Dias e P.F.Paiva, apresenta ação em velocidade furiosa e espera que seus jogadores tenham instintos e reflexos rápidos, como os melhores jogos da era 8-bit.

E não digo “melhores” sem fundamento; Oniken poderia facilmente figurar ao lado de bons títulos, como Ninja Gaiden e o desconhecido, mas excelente Kabuki Quantum Fighter. Mas com a vantagem de não conter os bugs provocados pelo limitado hardware do NES e Master System.

Seu design simples de apenas dois botões para a ação é mais do que suficiente para demonstrar as habilidades do herói, que destrói robôs, pendura-se em vigas, atira granadas e arranca cabeças sem precisar de controles complicados ou excesso de texto e ambientações forçadas.

Assim, reafirmo que os designers brasileiros “profissionais” ainda têm que compreender o que fazia com que estes jogos antigos fossem bons, ao invés de simplesmente negá-los ou relegá-los a “ultrapassados”, pois fazer um jogo ser interessante com poucos recursos é talvez muito mais difícil do que apresentar trocentos fatos e discursos para provar que seu jogo que nunca sai ou que possui um conceito brasileiro valem o investimento.

Se há alguma reclamação, só achei que o jogo te joga logo no começo em uma fase que poderia ser a segunda ou a terceira, quando você já está mais acostumado com os controles – mas na verdade isso é bom pra quem não gosta de mamão com açúcar, e, como isso é apenas um demo, achei bastante satisfatório.

Agora resta saber se o “engrish” da abertura foi proposital.

Se quiserem baixar o demo, sigam por este link.

Para conhecer mais sobre o trabalho, visitem o blog arcaica.

Entry filed under: De Grátis!, DemoCracia, Mondo Retro. Tags: , , .

E o Zeebo respira… Primeiro vídeo da jogabilidade de Mega Man Universe

7 Comentários Add your own

  • 1. Thais  |  setembro 2, 2010 às 4:24 pm

    Tenho a sorte de acompanhar este projeto desde o princípio e, realmente, o resultado está ficando excelente. Apenas um spoiler: as próximas fases terão temáticas que também faram alguns nostalgistas lebrarem de bons momentos.

    Responder
  • 2. maxi2099  |  setembro 2, 2010 às 4:25 pm

    Eu achei engraçada a mistura de Hokuto no Ken com Strider. Só não gostei muito das músicas e do fato de que mais parece que você está jogando no hard do que um jogo difícil propriamente dito, com os inimigos normais morrendo com 3 golpes. Isso tira parte da ação que jogos assim costumam ter no início.
    Também não entendi porque você não falou mal diretamente de Capoeira Legends no texto. Se o jogo é ruim quanto menos gente jogar melhor, assim tomam vergonha e aprendem a fazer jogos bons.

    Responder
    • 3. Rafael "Barry" Ventura  |  setembro 2, 2010 às 4:40 pm

      Como eu disse, espero que seja apenas porque ainda é um demo. E corrigido, links colocados.

      Responder
  • 4. Danilo Dias  |  setembro 2, 2010 às 6:38 pm

    Gostei da matéria do jogo, muito obrigado pela atenção ao nosso trabalho =)
    Muitas coisas que estão nessa demo estão sendo corrigidas, inclusive a dificuldade foi revisada, algumas situações “injustas” também foram revisadas.
    A música da primeira fase foi refeita do zero e do título também, creio que durante esse fim de semana eu solte uma nova demo com essas correções, também foi inserido um ataque novo, uma espécie de berserk mode, idéia do nosso amigo em comum o Glauber, isso deu um “tempero” extra no jogo =)
    Por fim gostaria de pedir desculpas pelo “engrish” foi um erro mesmo XD.

    Responder
    • 5. Rafael "Barry" Ventura  |  setembro 2, 2010 às 7:24 pm

      Ei, Danilo!

      Vocês estão indo super bem, dou todo apoio mesmo!

      Inclusive descobri seu jogo meio que sem querer, porque o Glauber me passou um tutorial de pixel art do outro designer.

      E deixem os “engrish” \o/

      Responder
  • 6. Pedro Ivo  |  setembro 4, 2010 às 1:12 am

    Jogo brasileiro… em inglês?
    Tá, eu entendo, aquele papo de globalização e tal, mas não tem opção para jogar no bom e velho PT-BR?

    Responder
  • 7. Danilo  |  setembro 5, 2010 às 11:19 pm

    Opa Barry, mais uma vez obrigado e queria mandar um novo link, esse link é para o novo beta que saiu hoje, tem várias modificações, valew ae amigo o/.

    http://www.4shared.com/file/D9wLd-qB/_2__Oniken_Beta_v101.html

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


warpfeed

WarpStats

  • 552,055 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: