Warpreviews: Sonic 4: Episódio 1 | Wii

outubro 12, 2010 at 4:53 pm 11 comentários

por maxi

E já dizia o velho ditado, “o tempo cicatriza todas as feridas”. No caso da Sega, parece que ela precisa de uma geração inteira para aprender com os próprios erros e se curar dos tombos que já levou, tanto da metade da geração passada para a desta quando na época dos 32-bits. E quem mais sofreu nisso tudo foi o pobre Sonic, que ficou nas mãos justamente da divisão da empresa que mais ficou mal das pernas, o Sonic Team, que já não é mais o mesmo desde a saída de Yuji Naka.

Sob a coordenação de Takashi Iizuka, que provavelmente já não sabia mais onde enfiar a cara depois da mídia tanto lenhar os jogos feitos por seu pessoal, o Sonic Team desta vez optou por chamar a Dimps para auxiliar na produção daquilo que seria a volta de Sonic ao mundo 2D nos consoles. A Dimps vinha se dando bem com o personagem desde a época do GBA, mesmo com a controvérsia de que a empresa mudava demais a física do jogo a cada novo lançamento, não necessariamente para melhor. Como resultado, temos Sonic 4, que teoricamente seria uma seqüência direta de Sonic & Knuckles do Mega Drive, o jogo que o mundo gamer vinha esperando desde 94. E, finalmente, temos um jogo do ouriço que nos traz de volta as lembranças da época de ouro dos vídeo games, e ainda por cima feito pelo Sonic Team, por mais incrível que pareça. Porém, o ditado diz que as feridas cicatrizam, e cicatrizes são algo que permanecerão por toda a vida.

Primeiramente vamos falar da história, já que a Sega alega que este jogo começa onde parou Sonic & Knuckles.

Muito bem, o jogo não tem história. Eggman está aprisionando os animais indefesos e Sonic não vai permitir isso, igualzinho em Sonic 1 e 2. Não tem nada ali que indique que este se trata de Sonic 4 além da tela de título. Também não é possível encontrar dublagens de qualquer tipo, Sonic faz apenas aquilo que foi concebido para fazer: correr e pular. Quando terminamos o jogo com todas as esmeraldas temos apenas um gancho simples mas interessante para o Episódio 2.

Os gráficos são simples mas suficientes, todas as fases são impecavelmente fiéis aquilo que víamos nos 16-bits. A única que foge disso, sendo também a mais bonita, é a Cassino Street Zone, com um visual cheio de detalhes, luzes piscando e um cenário de fundo carregado. Aliás, embora o design de cada uma delas seja retirado de outras fases dos Sonic clássicos (Splash Hill = Green Hill + Emerald Hill, Cassino Street = Cassino Night + Carnival Night, Lost Labyrinth = Labyrinth + Hydrocity, Mad Gear = Metropolis + Metallic Madness, E.G.G. Station = Death Egg ), é interessante ressaltar que fizeram um trabalho de mestre no layout de cada uma, como não se via desde Sonic 2. Esse é o único fato do jogo que me fez ficar com vontade de cumprimentar cada um do time de desenvolvimento caso encontrasse com eles algum dia. Além dos inúmeros caminhos diferentes para se completar as zonas, todos estão bem localizados (diferente daquela coisa esparsa dos Sonic Rush) e elas ainda são bem grandes e divididas em quatro partes, sendo três fases normais com a clássica placa do Eggman no final e uma só para lutar contra o dito cujo.

Essa divisão foi planejada com base nas fases bônus, que são acessadas igual no primeiro Sonic, ao chegar no final com 50 anéis e pular naquele outro gigante. Como são 7 esmeraldas, ficaria corrido para o jogador pegar todas com cada zona tendo apenas dois estágios. Aliás, esses bônus são aquele mesmo esquema visto no Sonic 1, só que desta vez estão difíceis, mas não tanto quanto os do Sonic 2. São fases bem bonitas, que lembram um caleidoscópio, enquanto vai tocando uma música calma para que o jogador não se desespere facilmente.

Aproveitando que tocamos no assunto, as músicas são legais. Estão longe de entrarem no hall com as melhores dos jogos do personagem mas não fazem feio. Um fato interessante é que na versão de Wii elas não são orquestradas como na de PS3 e 360, mas estão bem próximas de algo que poderia tocar no Mega Drive, seja isso intencionalmente ou não da parte dos compositores. Inclusive, pelo menos o tema de batalha de Eggman foi retirado de uma versão beta do Sonic 3D Blast.

Agora vamos mexer na cicatriz resultante dos últimos anos, tanto da parte do Sonic Team quanto da Dimps, a jogabilidade. Você praticamente faz tudo aquilo que já fazia no Sonic 2, com a adição do homming attack, mas desta vez só é possível pular com um botão (o outro foi reservado para a transformação em Super Sonic). No Wii, temos como padrão a movimentação do cenário em certas partes (como nas fases bônus) sendo realizada pelo direcional, mas pode-se trocar para o sensor de movimento do wiimote nas opções. Tudo estaria muito bom se não fosse pela física bizarra usada no jogo, que vez por outra faz acontecer diversos bugs, como por exemplo:

  • Sonic ultrapassar sua velocidade máxima sozinho, sem explicação alguma, geralmente em subidas;
  • Sonic reduzir sua velociade também sozinho e sem explicação alguma, geralmente em descidas. E para piorar tudo, acontece com mais freqência na parte das bolas gigantes que rolam para cima de você na Lost Labyrinth;
  • Quando você bate em uma mola que está na diagonal, sai voando normalmente até o outro lado. Porém, se você soltar o direcional no meio do vôo, Sonic “pára” no ar e começa a cair;
  • Sonic ficar “andando parado” em um ângulo de quase 90º com a superfície, que está NA VERTICAL.

Ele vai ficar andando neste exato lugar enquanto você não soltar o direcional.

A impressão que se tem é que originalmente Sonic 4 estava sendo feito com a física estranha do Rush e, depois dos fãs reclamarem após aqueles primeiros vídeos (com toda a razão, já que queríamos jogar era a seqüência dos jogos do mega), o time resolveu tentar deixar tudo mais aproximado dos clássicos mas não conseguiu fazer direito, sabe-se lá se foi pela engine usada, layout dos cenários que já estavam prontos ou outra coisa. O resultado já foi comentado, além dos inúmeros detalhes que deixam o controle do personagem bem diferente daquele que nos acostumamos com o passar dos anos.

O spin dash está fraco, além de que ele vai perdendo velocidade muito rapidamente. Os speed busters espalhados no cenário, motivo de várias reclamações dos fãs, foram colocados justamente para suprir isso. A ausência deles deixaria tudo ainda pior. O fato de Sonic se deslocar mais rapidamente correndo do que rolando causará aflição em quem está acostumado a colocar para baixo no direcional com medo de eventuais inimigos no caminho, ainda mais em fases com buracos e que você depende da velocidade para sobreviver. Quanto ao homming attack, na maioria das vezes ele te ajuda, mas também pode atrapalhar. Além de fazer você voar em direção aos inimigos, o movimento ainda proporciona um pequeno dash aéreo para os lados. O problema é quando você quer fazer esse dash e Sonic muda o percurso contra sua vontade para ir de encontro com algum objeto. Lembram de como o Super Peel Out do Sonic CD só não era um movimento inútil porque eles colocaram uma versão enfraquecida do até então inexistente spin dash? Pois é, se Sonic 4 tivesse a mesma jogabilidade de seus antecessores o homming também se tornaria algo inútil. Para encerrarmos esta parte, por muito pouco esse desleixo todo com a física não faz do jogo uma experiência ruim.

[ CONCLUSÃO ]

É isso, o primeiro episódio de Sonic 4 é um jogo legal mas que, tirando pelo brilhante layout de fases, adiciona muito pouco a experiência de jogo e quase foi comprometido pelos programadores (algo ainda menos ruim do que quando tentam colocar o personagem fatiando todos com uma espada ou descendo a porrada depois de virar lobisomen). Resta agora torcer (e porque não reclamar também, já que finalmente a Sega voltou a escutar seu público antigo) para que o Episódio 2 tenha tudo isso corrigido, ao invés de ser a mesma coisa com fases novas e talvez o Tails ajudando como em Sonic 3.

horrível | ruim | fraco | [LEGAL] | bom | excelente

Game: Sonic 4: Episódio 1
Plataforma: Wii
Autor da análise: maxi2099
Estilo: Plataforma
Desenvolvedora: Sega
Produtora: Sega/Dimps
Jogadores: 1
Quanto jogou: Cerca de 4 horas, fazendo tudo que é possível.
Quer entender melhor nosso sistema de avaliação? Então clique aqui!

Entry filed under: Warp Reviews. Tags: , , , , , , , .

Outros dois jogos do Sonic e um fato interessante no twitter Como ficou a física de Sonic 4 se comparada a do 2?

11 Comentários Add your own

  • 1. maxi2099  |  outubro 12, 2010 às 5:08 pm

    Caso seja do interesse de alguém uma comparação direta com outro jogo do mascote, se alguém me chamasse para jogar e os únicos jogos disponíveis fossem Sonic 4 e Sonic 1, eu ficaria na dúvida sobre qual escolher.

    Responder
  • 2. Thales  |  outubro 12, 2010 às 6:17 pm

    Eu começei a jogar hoje de manhã e, de cara, duas coisas me incomodaram E MUITO: 1) em todos os outros Sonics, se você pular com direcional pra frente e soltar o direcional, o Sonic cairá “andando”. Neste, se você fizer isso, ele imediatamente para de progredir (talvez seja culpa da reclamação de jogadores neófitos que acham o Sonic “muito difícil de controlar”); 2) Não gostei em nada do “visual de caledoscópio” da fase bônus, que achei pior que o do Sonic 1 (um jogo de 19 anos, meu Deus!).

    Felizmente, ele voltou a me dar esperanças na Sega, que parecia ter se resumido a ser uma ótima produtora de jogos com macacos (“Samba de Amigo” e “Monkey Ball”).

    Responder
    • 3. maxi2099  |  outubro 12, 2010 às 7:20 pm

      Pois é, Sonic 4 Episódio 1: Uma Nova Esperança.

      Responder
  • 4. Rafael "Barry" Ventura  |  outubro 13, 2010 às 3:18 pm

    Jogarei quando lançarem um bundle com tudo mais barato e patch de correção.

    Responder
  • 5. paopaocafegames  |  outubro 13, 2010 às 9:53 pm

    Sabe qual o problema rapaziada? As pessoas não querem um novo Sonic baseado nos antigos. Querem um Sonic antigo com roupa nova. Os jogadores de hoje em geral não sabem lidar muito bem com mudanças de gameplay e em ter que se adaptar, afinal é mais cômodo continuar fazendo as mesmas coisas sempre do que aprender algo novo. No mais um abraço a todos!

    Responder
    • 6. maxi2099  |  outubro 14, 2010 às 12:04 am

      Claro que querem um Sonic antigo com roupa nova, esse jogo não chama Sonic 4? Se fosse Sonic Rush 3 ou Sonic Unleashed 2 não estariam reclamando. A única acomodada em tudo isso é a Sega, que sabe que independente se o jogo que ela soltar no mercado prestar ou não vai ter um monte de crianças que mal sabem diferenciar isso comprando.

      Responder
  • 7. Rafael "Barry" Ventura  |  outubro 14, 2010 às 10:57 am

    Aliás, uma coisa que esqueci de comentar: que porcaria de música!

    Responder
    • 8. maxi2099  |  outubro 14, 2010 às 11:07 am

      Das músicas eu gostei.

      Responder
      • 9. Rafael "Barry" Ventura  |  outubro 14, 2010 às 11:30 am

        Nossa, eu quase não cheguei no final da demo porque a música tava machhucando meu ouvido. Até a da abertura, tirando o som emulado de Mega Drive, não tem melodia nenhuma.

  • 10. DoubleJump » Blog Archive » Fãs podem ter razão  |  outubro 19, 2010 às 12:49 pm

    […] lançamento de Sonic 4 foi um testamento de que a Sega não respeita mais seus fãs. Não vou nem perder tempo falando do […]

    Responder
  • 11. E Inafune também deixa a Capcom «  |  outubro 29, 2010 às 12:50 pm

    […] sem Mikami, Kamiya e Inafune, será que o destino da Capcom será o mesmo da Sega e da Square-Enix, que, da mesma forma, perderam suas principais cabeças e hoje estão aí vivendo […]

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


warpfeed

WarpStats

  • 552,096 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: