Arquivo do Autor

Em Jogo Especial: Pais em jogo!

por Kaka

Segundo domingo de agosto: dia dos pais. Apesar dos rabugentos que dizem ser esta uma data meramente comercial, eu, em nome do WarpZona, aproveito a oportunidade para tentar fazer uma singela homenagem a essa figura tão importante.

É difícil falar de pai, pois é um conceito que transcende o simples preceito biológico do fornecedor de espermatozóides para a fecundação do ovócito. Ainda mais atualmente, em que as famílias estão cada vez mais longe do estereótipo pai-mãe-filhos.

Kim Kaphwan, de Fatal Fury, King of Fighters e outros, é a figura paterna daquelas famílias perfeitas de comercial de margarina. Casado, pai de dois filhos – Kim Dong Hwan e Kim Jae Hoon, personagens de Garou: Mark of the Wolves – Kim criou seus meninos dentro dos preceitos de moral, justiça, liberdade, cortesia, integridade, perseverança e autocontrole pregados pelo Tae Kwon Do, arte marcial que ele e os filhos praticam.

Kim Kaphwan dando sangue e suor para ser um exemplo para seus filhos. Tentem ignorar o excelente trabalho de tradução e dublagem :(

Da mesma série de games, temos exemplo de uma relação entre e pai e filho menos convencional: Terry Bogard e Rock Howard. Rock, como o sobrenome já diz, é filho biológico de Geese Howard, o grande apelão vilão da série Fatal Fury. No entanto, Geese nunca deu a mínima para o moleque, que foi criado apenas pela mãe. Com o falecimento desta e a presumida morte de Geese, o garoto acaba adotado pelo suposto algoz de seu pai, o heroi Terry Bogard. Terry, como naqueles filmes clichês de arte marcial do Domingo Maior, cria e treina Rock como se este fosse seu próprio filho. E, apesar de não o serem biologicamente, ninguém vai negar que Terry e Rock são pai e filho em sua mais importante essência: os laços afetivos.

Terry & Rock: amor de pai e filho acima dos laços de sangue

Os laços entre pais e filhos não pressupõem amor e harmonia. Que bom seria que assim fosse para todos, mas o mundo e as famílias não são perfeitas. Brigas, discussões, problemas não são incomuns no seio familiar. Não é raro encontrar pais e filhos que não se dão de jeito nenhum, como Heihachi Mishima e Kazuya , de Tekken. Um vídeo fala mais que mil palavras:

Ahh, como é comovente amor entre pai e filho!

A relação entre pais e filhos e a força do amor paternal são temas recorrentes nos enredos dos games. Harry Mason enfrenta os horrores da bizarra Silent Hill para salvar sua filha adotiva, a garotinha Cheryl. Ethan Mars, de Heavy Rain, mostra o quão longe um pai pode ir pelo amor ao seu filho. Fora os tantos papais nos games, como Ken Masters e seu filho Mel (Street Fighter), Barrett e Marlene (Final Fantasy VII), Takuma Sakazaki e Ryo e Yuri (Art of Fighting), Saisyu Kusanagi e Kyo (KoF), e muitos outros que não recordo agora porque enquanto escrevo aqui acompanho a rodada do brasileirão.

Só mesmo muito amor para fazer alguém encarar as bizarrices de Silent Hill

Antes de terminar, vamos sair um pouco dos games e dar uma olhadinha no mundo real. A maioria de nós, gamers, começamos com o nosso hobby bem pequenos. Assim, se não fossem pelos nossos pais, não teríamos nossos primeiros consoles e não poderíamos passar a infância toda jogando tranquilamente. Agradeço muito ao meu paizão que, apesar de não ser gamer, sempre apoiou meu vício, me levando pros arcades, me dando jogos de presente de aniversário e Natal e até mesmo jogando Street comigo, mandando muito de Dhalsim. Luv ya, dad ♥!

Pais e filhos jogando juntos: o mundo seria melhor se mais famílias fossem assim

Não posso esquecer também, é claro, daqueles gamers que já cresceram e que agora são responsáveis por uma nova geração de pequenos gamers.

E vocês, que outros pais de games lhes são marcantes? E como seus papais colaboraram (ou atrapalharam) sua relação com os games?

Feliz Dia dos Pais a todos!

Anúncios

agosto 8, 2010 at 6:51 pm 3 comentários

Evento Gamer: Brasília Game Expofeira

por Kaka

Ultimamente, eventos exclusivamente dedicados aos games (e aos gamers!) estão se tornando uma realidade no Brasil. Se antes a equação evento + games era equivalente a uma salinha ou stand em eventos otaku, atualmente podemos contar com eventos de grande porte, como o já tradicional Rio Game Show, o recente Games Party, em Goiânia, e o esperado SP Game Show – e olha que nem estou contando com os eventos maiores, como o Game World e o Electronic Game Show, tradicional feira de games de origem mexicana que teve uma edição na capital paulista em 2004.

Graças ao pessoal da GrandLevel – sobre quem falaremos melhor futuramente –  neste sábado, dia 19, Brasília também terá seu grande evento gamer, o Brasília Game Expofeira.

Descrição do evento, nas palavras dos organizadores:

Brasília Game Expofeira trata-se de um evento inovador, que busca valorizar a criatividade e a habilidade de seus participantes, fazendo-os se reunirem em torno de um objeto comum.

Este será o maior centro freeplay da cidade, ao reunir uma grande estrutura de consoles, de variados estilos, para um público totalmente mesclado.

Durante todo o dia de exposição, estarão disponíveis ao público diversas atividades: speedruns, torneios, desafios, programações variadas realizadas no palco principal, palestras, seminários, apresentação de novidades na área dos games mundiais, entre diversas outras. Serão ao todo 10 horas de evento.

Dentre as principais atrações, estão os campeonatos de Super Street Fighter 4, Tekken 6, Super Smash Bros. Brawl e Pokémon (organizado pela Liga Oficial Pokémon – DF), valendo prêmios em dinheiro, além do concurso de cosplay de personagens de games.

Além disso, estarão disponíveis pra galere consoles de várias épocas – do PS3 ao SNES, passando por Dreamcast, GameCube e outros – e arcades para freeplay; devem exibir vídeos da E3, fora as palestras, lojas e muito mais. Enfim, evento imperdível!

E, aqueles (raros?) gamers que não querem perder os jogos da Copa do Mundo, não se preocupem: os organizadores garantem TVs exibindo todos os três jogos do sábado. Pode ir sem medo de perder Gana x Austrália!

Brasília Game Expofeira

Quando: Sábado, 19 de junho de 2010

Onde: No ginásio do colégio Maxwell, QE 11 Área Especial, Guará I/DF (mapa)

Horário: das 10h às 20h

Ingressos: R$ 15,00 (no evento). Ingressos antecipados (R$ 10,00) podem ser comprados nas lojas SuperGames do Parkshopping, Conjunto Nacional e 106 Sul até amanhã, dia 18.

Pra mais informações sobre o evento, as regras dos campeonatos e outros, acesse o site oficial do Brasília Game Expofeira e a comunidade do evento no Orkut.

junho 17, 2010 at 5:33 pm Deixe um comentário

Alunos do curso de Jogos Digitais da UDF lançam jogo

por Kaka
Amanhã, dia 11 de maio, acontecerá a palestra de lançamento do jogo Show de Bola, projeto dos alunos do segundo semestre do curso de Jogos Digitais da UDF. O aplicativo, feito com a ferramenta Unity3D, consiste em uma disputa de pênaltis em 3D com música tema feita pelos próprios alunos, dentre os quais está o Roberto Guedes, blogueiro brasiliense da equipe do blog Gamus que visitou os estúdios da Blizzard e não trouxe nenhuma lembrancinha pra mim =(.
A palestra é gratuita e aberta ao público.  Nela, o jogo será apresentado à platéia e todos serão convidados a testar o jogo.  Antes disso, também amanhã, os interessados poderão participar de um chat com o professor responsável, Alexandro Leal, e os alunos envolvidos no projeto no twitter da faculdade, às 16h.
Para mais informações, acesse o site da UDF.
Lançamento do jogo Show de Bola
Quando: terça feira, 11 de maio, às 19h30
Onde: Campus Principal da UDF – SEP/SUL EQ 704/904 – CONJ A – Brasília/DF, Sala 277

maio 10, 2010 at 11:21 pm 1 comentário

Evento Gamer – Encontro DuK Games Club PS3 Edition

por Kaka

O leitor do WarpZona já conhece o DuK Games Club. Afinal, não é a primeira vez nem vai ser a última que divulgo um evento deles aqui no blog. Mas, como sempre tem gente nova por aqui, não custa nada falar de novo: DuK Games Club é clube privado com encontros mensais para jogar videogame, dos mais novos aos mais antigos – embora, ultimamente, mais com relação aos novos e menos com relação aos antigos. Indo a um dos encontros do grupo, que ocorrem todo mês, pela módica quantia de R$ 5,00 – mulheres free! – você pode entrar e jogar o quanto quiser!

Os eventos do DuK, por si só, já  valem a pena,  pois são uma excelente oportunidade para testar as novidades, pra jogar com a galere, pra aumentar o círculo de amizade gamer. Porém, o encontro desse mês te dá um motivo a mais para ir: vai rolar o sorteio de uma rifa valendo um Playstation 3 0km! As rifas vão ser vendidas no local, pelo preço de R$ 5,00 cada, até as 17h.

Além disso, para os fãs de Street Fighter 4, o pessoal do DuK Games Club estará organizando um ranking entre os jogadores que frequentam o evento. Uma ótima ocasião para ir ao encontro do mais forte, não?

No mais, 5 TVs, sendo 4 de LCD e a do Wii, Rockband 2 com bateria, duas guitarras e microfone, Tekken 6, speed run de New Super Mario Bros. Wii, etc. etc. Confira a programação completa do evento na comunidade do DuK Games Club no Orkut e/ou siga-os no Twitter.

E então, gamers brasilienses, vão perder essa?

15º Encontro DuK Games Club – PS3 Edition

Data: Sábado, 30 de janeiro

Local: SQN 408, bloco N, salão de festas (no final do bloco, em frente a L2 Norte) – Brasília/DF

Horário: das 10h às 22h

Ingresso: R$ 5,00 (mulheres não pagam!)

janeiro 29, 2010 at 2:26 am 1 comentário

É amanhã! Saiba mais sobre Video Games Metal, o evento gamer mais tr00 do Brasil!

por Kaka

O Ryunoken já deu a notícia. Agora é minha vez de falar sobre o evento mais tr00 da video game music – e deixar vocês com mais vontade de ir, eu espero!

Primeiro, vamos recapitular pra quem não está sabendo ainda: sábado agora, dia 21 de novembro, a partir das 17h, no Centro Comunitário da Universidade de Brasília, vai acontecer a primeira edição do Video Games Metal, show musical criado de gamers para gamers, onde as trilhas sonoras dos jogos mais famosos e queridos de todos os tempos serão interpretadas no ritmo do heavy metal.

Quando fiquei sabendo desse evento, há alguns meses, na hora pensei: “Hell, it’s about time!” O Brasil tem excelentes bandas de video game music. E show de video game music faz sucesso por aqui – o VGL, mesmo com a queda de qualidade nos últimos anos, que o diga. Somando dois + dois, o resultado que temos é que demorou pra alguém ter essa ideia de pegar as bandas de video game music brasileiras e fazer um show.

Tiago Battousai, criador, produtor executivo e condutor do Video Games Metal, sonhava em por essa ideia em prática há algum tempo: “A idéia surgiu em 2006. Antes mesmo de eu saber que existia o Video Games Live. Tive essa idéia quando comecei a colecionar músicas de bandas de game metal como MegaDriver, NESkimos, Minibosses, Powerglove e muitas outras. Por que não fazer um show com bandas de Game Metal? Farei! Criei coragem quando meus amigos fundaram a Rockband Game Music – tendo uma banda em Brasília facilitaria bastante.”

Ele poderia ter produzido um show apenas com a Rockband GM. Mas shows de uma banda só de video game music já aconteceram antes. O que ele queria mesmo era fazer algo maior, inédito – um grande evento, com estandes, campeonatos e, é claro, várias bandas de video game music tocando.

Encontrar gente pra tocar no evento foi fácil: “As bandas se empolgaram muito [com a ideia]! Todas elas!”, nos conta Tiago Battousai.  “Eu já tinha contato com as bandas fazia tempo. O Nino MegaDriver, eu o contactei pela primeira vez na época em que ele era o único da banda. Conseguir gente pra tocar foi fácil. A ForceField foi uma banda que nasceu somente para tocar no VGM”, completa.

Porém, nem tudo são flores. “A maior dificuldade é a financeira. Está tudo certo, pronto e planejado. Pagar as contas que é o difícil. Depender de venda de convites antecipados sendo que a maioria compra na véspera é complicado”, afirma Tiago.

E como nós, gamers, devemos entender isso?  Como diriam nossos parceiros do LevelGamer, “vamos lotar Saporra!” Tiago Battousai conta com a gente: “A expectativa é boa! A meta é lotar! A divulgação nas ruas começaram semana passada. Somente com divulgação da internet já foram vendidos mais de 200 ingressos. Agora que começa a vender em grande escala. Lembrando que os convites são limitados.” Não vamos decepcioná-lo, né?

Após o pulo: um pouco mais sobre as bandas que vão tocar, programação completa, locais de venda dos ingressos etc!

(mais…)

novembro 20, 2009 at 7:11 pm 1 comentário

Tá a fim de um Halloween gamer? Então não perca o 12º Encontro DuK Games!

por Kaka

Pwnt!

Eu falei sobre o DuK Games Club aqui no WarpZona. É aquele “clube privado com encontros mensais para jogar videogame”, lembra? Pois esses encontros continuam firmes e fortes, todo mês, sempre com novidades, campeonatos, parcerias…  e, agora nesse fim de outubro, vai rolar o 12º Encontro DuK Games – Edição Especial de Halloween!

Aproveitando a onda de Zombie Walks que flash-mobarão no dia de Halloween, esse encontro dará destaque os jogos com esses que são um dos inimigos mais comuns dos videogames – estou falando dos zumbis, caso não tenha ficado claro: Resident Evil 5, Burn Zombie Burn (PS3), Left 4 Dead (Xbox 360), entre outros. Ryunoken bem que poderia levar a coleção de Onechambara dele, né?

A atração principal, no entanto, vai ser o campeonato de um jogo que fará a alegria dos mais nostálgicos: Rock n’ Roll Racing, do SNES! Os melhores pilotos-rockers – ou vice-versa – disputarão a final no palco do Video Games Metal!

Além disso, os jogos de sempre, rolando simultaneamente em 5 TVs, sendo 4 de LCD e aquela de tubão que sempre fica pro Wii: Street Fighter 4, Soul Calibur 4, Rock Band & Guitar Hero (com o set de instrumentos completo), Little Big Planet, Mortal Kombat vs. DC, Mario Kart Wii, entre outros. E, pela primeira vez nos encontros DuK Games, poderemos jogar  The Beatles: Rock Band, Guitar Hero 5, Uncharted 2 e, quem sabe, Demon’s Soul e Tekken 6!

Após o pulo: detalhes do evento, lista completa dos jogos que estarão disponíveis, fotos de encontros antigos, vídeos dos últimos campeonatos e muito mais!

(mais…)

outubro 29, 2009 at 1:46 am 3 comentários

Level Up! Defense of the Ancients Allstars

Level Up! é a seção do WarpZona onde temos a colaboração de nossos leitores, que passam a redatores. Dessa vez, Tottou, o nosso Maior Comentador Hail Leet :O fking ROFL lolz  <3 de 2008, estreia com um texto sobre aquele que está desbancando Counter Strike como o MOD favorito da galere: DotA. E sem usar leet language!
Lembrando que qualquer leitor pode participar dessa seção: basta enviar um texto através dos comentários ou diretamente para warpzona@gmail.com

por Tottou

“Haviam creeps, catapulta e um mago…” Pois é, para quem não sabe, DotA Allstars é um dos mais populares e carismáticos MODs de Warcraft 3. O objetivo deste mapa é destruir o Frozen Throne (embora muitas vezes a BRzagem chame  isso de “cristal”), caso você esteja jogando do lado dos Sentinel, ou destruir a World Tree, se estiver defendendo as ambições do Lich King como um  Scourge. Parece bem simples, mas reuniu uma gama gigantesca de adeptos pelo mundo inteiro. Embora o estilo Defense of the Ancients já existisse, IceFrog melhorou-o tanto que praticamente recriou o gênero.

O MOD (que é um mapa para W3) rendeu muitos frutos. Campeonatos internacionais, músicas, paródias, comics, e a própria Blizzard percebeu a notoriedade de DotA Allstars.

Hit musical do cantor sueco Basshunter

Alguns acreditam que Jesus também joga DotA, no entanto, é fato que as partidas começam com “Jesus is beyond GODLIKE!” e terminam com o Lich King se redimindo, os heroes scourge convertidos e todos em harmonia festejando a vida debaixo da World Tree.

A arte das Loading Screens é feita pelo artista plástico Kunkka, que recebeu na última versão de DotA (6.59) até um hero com o seu nome.

Falando em versões, está pra sair uma nova versão, a 6.60, que promete dois novos heroes, nos avatares do Tauren Chieftain e do Troll BatRider, itens novos, mudanças nas lojas de recipes e muito mais. A demora para sair a nova versão se deve não somente a essas novidades, mas também à correção da Blizzard para impedir que pudessem usar mapas de W3 para disseminar softwares maliciosos.

E se você, que já joga DotA, e não agüenta esperar o release oficial, o mapa em versão não finalizada vazou (provavelmente por um dos Beta testers).  Eu olhei e já fiquei feliz com as mudanças! Novos balanceamentos, itens mais objetivos, um bastão Jedi pra se usar a força, reajuste das tavernas, enfim, clicando aqui vocês poderão baixar o mapa e ler um review melhor sobre essas mudanças.

Paródia Brasileira por Eopitmane da música Smack That  do Akon, percebam a sapiência da parodia, muito melhor que a original

Não esperem mais, comprem Warcraft 3 e baixem DotA Allstars para baterem uma pelada com os amigos, ou até mesmo participar de campeonatos via Eurobattle ou Garena, esse último sendo uma plataforma gamística que lhe permite jogar vários outros jogos também.

maio 8, 2009 at 4:50 am 7 comentários

Posts antigos


warpfeed

WarpStats

  • 562,819 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.