Arquivo do Autor

Velhos Bons Tempos

por Toe Jam

Velhos Bons Tempos

Quando iniciei esta coluna, fruto de uma conversa com o Ryunoken, jamais imaginei que escreveria justamente esta história. Embora já tivesse o citado indiretamente em outros posts, nunca tinha contado um caso dele diretamente.

Contudo, devido a tudo o que ocorreu nos últimos meses, num certo dia eu soube que teria que fazê-lo. Relutei até agora, mas peço uma última vez a paciência de todos vocês para este velho e cansado escriba contar mais um ‘causo’ após o salto.

(mais…)

Anúncios

dezembro 9, 2011 at 7:47 pm 4 comentários

Prestando Contas: Yoshio Sakamoto vs Retro Studios

por Toe Jam

Nessa nova edição da coluna Prestando Contas: O que vendeu e o que encalhou, vamos ver o resultado do embate de dois gigantes: de um lado temos Yoshio Sakamoto, co-criador da série Metroid, e do outro temos o Retro Studios, um estúdio de desenvolvimento de jogos americano localizado no Texas. A pendenga envolve a série Metroid e um antigo clássico da Nintendo que ressurgiu o ano passado.

Interessado em saber o que houve? Continua após o salto.

(mais…)

fevereiro 23, 2011 at 2:46 pm 9 comentários

Prestando Contas – New Super Mario Bros. Wii vs Call of Duty: Modern Warfare 2

por Toe Jam

Nessa nova edição da coluna Prestando Contas: O que vendeu e o que encalhou, mais novidades! Explorando a parte vendeu do título (na próxima exploraremos a parte encalhou), vamos ver o resultado de uma afirmação feita a mais de um ano atrás, envolvendo dois gigantes desta geração: New Super Mario Bros. Wii e Call of Duty: Modern Warfare 2!

O responsável pela frase: “New Super Mario Bros. Wii poderá superar em vendas Call of Duty: Modern Warfare 2 em ao menos uma plataforma” foi o próprio presidente da Nintendo na América, Reggie Fils-Aime. A frase naturalmente causou controvérsia e, principalmente, descrença, dada a força e a expectativa gerada em torno do lançamento do título da série Call of Duty.

O jogo do encanador foi lançado 5 dias antes do concorrente citado. Hoje, quase um ano e três meses depois, o que aconteceu de fato: o controverso líder da Nintendo foi vítima de arrogância e prepotência? Será que foi apenas uma forma de tentar atacar a forte concorrência? Ou ele estava de fato correto?

A resposta está após o salto.

(mais…)

fevereiro 7, 2011 at 4:04 pm 1 comentário

Prestando Contas – O que vendeu e o que encalhou

por Toe Jam

A análise da vendas dos consoles e jogos está de volta ao WarpZona! Depois de um longo hiato, você pode novamente conferir como anda a indústria de jogos, os seus destaques e as suas tendências. Os números, como de costume, são obtidos no VGChartz.

Esta postagem especial de reestréia mostrará um panorama geral sobre as vendas estão os consoles e portáteis desta geração, desde o seu lançamento até os dias de hoje.

Abaixo a tabela dos consoles, em milhões de unidades (dados da semana terminada em 14 de janeiro de 2011):

Console Wii PS3 X360 PSP DS
Total
84,68
46,59
51,27
65,66
145,68
Américas
40,04
18,31
29,91
21,49
53,91
Japão
11,40
6,20
1,45
16,61
32,48
Europa/Outros
33,24
22,08
19,91
27,56
59,29

Continua após o salto.

(mais…)

janeiro 21, 2011 at 7:40 pm 1 comentário

Back from Funkotron!

por Toe Jam

Depois de uma longa ausência por conta de motivos diversos, este rap master do planeta Funkotron está de volta ao Warpzona! A promessa é de muito trabalho, análises, colunas e opiniões sobre videogames em geral.

Aproveito a oportunidade para agradecer a equipe do Warpzona que esteve à frente do site no ano: parabéns pelo belo trabalho, maxi, barry e luna!

Também quero desejar um bom ano de 2001 para os nossos fiéis leitores que nos apoiam e incentivam.

No clima musical, tomarei a liberdade de citar versos que não faz parte do mundo dos games, mas que ilustram com propriedade meu retorno:

“Pensou que eu não vinha mais, pensou
Cansou de esperar por mim
Acenda o refletor, apure o tamborim,
Aqui é o meu lugar, eu vim!”

Chico Buarque de Hollanda

janeiro 16, 2011 at 2:44 pm 3 comentários

“Fazedores” de dinheiro

por Toe Jam

No dia 04 de março deste ano o site Siliconera noticiou que a Sony registrou uma nova patente: as demos “degradáveis”. A idéia patenteada é que uma demo contenha o jogo completo (ou quase completo) disponível na primeira execução da demonstração. Contudo, a medida que o jogador for avançando, seja no número de partidas jogadas, seja pelo tempo de jogo, a demo desabilitaria progressivamente características do jogo, através do bloqueio de níveis, remoção de personagens jogáveis, redução do nível de dano das armas, perda de níveis de experiência já conquistados ou até mesmo diminuição de canais de sons e da paleta de cores.

O objetivo desta patente é claro e evidente: forçar a aquisição do jogo completo e, como consequência, “fazer” mais dinheiro. Empresas em geral, inclusive as desenvolvedoras de jogos, são empresas com fins lucrativos e não há nada de errado em buscar alternativas para ampliar seu fluxo de caixa. Entretanto é preocupante quando estas medidas vão na contramão de um princípio básico do comércio: satisfazer seus clientes.

Continua após o salto.

(mais…)

março 9, 2010 at 11:17 pm 7 comentários

Batman Arkham Asylum – Análise da Demo (PC)

por maxi

Finalmente, depois de anos e mais anos desde o lançamento de Batman & Robin para o Mega Drive, o morcego vai ganhar um jogo realmente bom. Testando duas vezes o demo da versão PC de Batman Arkham Asylum, já estamos aptos a colocar aqui nossas impressões.

Para começar, vamos falar da história. Após dar uma carona ao Coringa direto para o Asilo Arkham, Batman é barrado na entrada pelos policias que estavam com o comissário Gordon. Logo após, o palhaço do crime coloca em prática seu plano de controlar o estabelecimento junto de Arlequina (“bombada” em um nível nunca visto nas revistas até agora), que já estava solta lá dentro, golpeando os guardas e escapando para o interior da construção. Vários criminosos buchas-de-canhão (aqueles que só estão lá para apanhar do morcego) começam a ser libertados e você precisa fazer eles puxarem um ronco com alguns tapas enquanto o Coringa vai conversando com todos através dos megafones e telas do lugar e tirando sarro da sua cara. E, aliás, quando você morre ele aparece para fazer a mesma coisa, o que é engraçado no início mas começa a encher o saco depois de algum tempo. Como podem ver, nada especial no enredo, porém este serve como um ótimo pano de fundo para o resto do jogo.

Confira o resto da análise após o salto.

(mais…)

agosto 17, 2009 at 11:16 pm 2 comentários

Posts antigos


warpfeed

WarpStats

  • 562,159 hits

Warptwitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.